Imprimir

Composição

Posted in Património

CONSTITUIÇÃO DO NÚCLEO DE PATRIMÓNIO

 
Isabel Peraboa de Deus (Arquitecta)

Inês Gato de Pinho (Arquitecta)

Miguel Ferreira (GNR _ Brigada Fiscal)

Ricardo Ambrósio (Arquitecto)

António Cunha Bento

Maria de Jesus Gonçalves (Arquitecta)

Isabel Macedo (Arquitecta)

António Quaresma Rosa


A coordenação está a cargo de Isabel Peraboa de Deus (Arquitecta). 

Imprimir

Missão e Objetivos

Escrito por Administrator. Posted in Património

NÚCLEO DO PATRIMÓNIO

O património cultural, nas suas mais diversas vertentes, é um bem de extrema necessidade para a identidade nacional, para o desenvolvimento turístico pretendido, e tão necessário.

O turismo evoluiu, não querendo apenas praia, mas sim complementos culturais, naturais, lúdicos que enriqueçam a sua estadia, e que os façam querer voltar para conhecer mais.

Não esqueçamos que demos novos mundos ao mundo, e que se destruirmos a lembrança física da nossa grandiosa nacionalidade, não teremos identidade própria, nem turismo sustentado a médio prazo.

O Núcleo do Património da LASA pretende alertar as autoridades competentes, bem como a população em geral, para a necessidade de salvaguarda de valores de distinção e identidade, susceptíveis de constituírem um legado patrimonial para as gerações futuras e, um contributo para o desenvolvimento da região.

O Núcleo do Património continua a sua actividade na preservação da riqueza azulejar, dentro das muralhas seiscentistas, no Bairro Salgado e em Azeitão, através do seu levantamento. A observação, recolha e registo de dados, que se encontra em fase final, visa a produção de uma síntese, sob a forma de publicação, em conjunto com a Câmara Municipal de Setúbal.

Para além do levantamento azulejar, o Núcleo preocupa-se também com outros vectores patrimoniais da cidade de Setúbal, tendo criado o programa “SOS Património” no presente ano, sob o qual foi já realizado um debate público sobre o Convento de São Francisco, em Maio último.

Cabe ao Núcleo do Património estar atento ao que se vai passando com o nosso património, sempre disponível para receber sugestões, alertas, participações voluntárias, de todos aqueles que se sentem incomodados com a degradação física, e moral, de algo que é NOSSO.